Home / Economia / Viacredi libera retorno das sobras e distribui R$ 111,5 milhões para cooperados

Viacredi libera retorno das sobras e distribui R$ 111,5 milhões para cooperados

A Viacredi, cooperativa de crédito integrante do Sistema Ailos, vai liberar o retorno das sobras do exercício de 2019 e distribuir R$ 111,5 milhões aos mais de 500 mil cooperados.

O crédito em conta corrente do valor relativo à movimentação de cada um será realizado no dia 4 de abril. 

Os detalhes sobre o cálculo, que vinham sendo apresentados nas assembleias de grupos de cooperados, podem ser acessados no site da cooperativa. 

Vanildo Leoni, diretor executivo da Viacredi, comenta que a distribuição desse recurso impactará imediatamente na vida dos cooperados e, consequentemente, nas comunidades onde eles estão:

“Nosso objetivo é apoiar os nossos cooperados nesse momento delicado. Vamos prestar nosso apoio a economia local nas comunidades onde as pessoas vivem e tiram seus sustentos”.

Outras iniciativas 
Além do retorno das sobras, a Viacredi tem outras frentes de atuação para apoiar o cooperado.

Os financiamentos podem ter suas parcelas adiadas dos meses de março, abril, maio e junho para o fim do contrato.

Produtos de crédito especiais com foco em pessoas jurídicas e na manutenção dos negócios e empregos foram abertos nas áreas de fomento regional, microcrédito, capital de giro e crédito social.

Já na área do conhecimento, os cursos do Progrid estão abertos ao público, com informações sobre várias áreas.

A instituição atua em 20 cidades catarinenses: Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Blumenau, Brusque, Doutor Pedrinho, Gaspar, Guabiruba, Ilhota, Indaial, Itajaí, Jaraguá do Sul, Luiz Alves, Massaranduba, Pomerode, Rio dos Cedros, Rodeio, São João Batista, Schroeder, Timbó, São José dos Pinhais (PR).

Veja Também

Bandeiras tarifárias de energia não serão cobradas até o fim do ano

A Agência Nacional de Energia Elétrica bateu o martelo e decidiu que não haverá cobrança ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.