Home / Eventos / Primeiro seminário participativo avalia potencial turístico de Brusque

Primeiro seminário participativo avalia potencial turístico de Brusque

A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Turismo, realizou o primeiro Seminário Participativo do Plano Municipal de Turismo, na tarde de sexta-feira (27). O evento, no auditório do Bloco C da Unifebe, contou com a presença de representantes da Administração Municipal, da iniciativa privada e de entidades, como o Vale dos Teares Convention & Visitors Bureau e. A expectativa é que o Plano seja concluído até abril de 2020.

Durante o seminário, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae apresentou o primeiro diagnóstico sobre o turismo na cidade, após três meses de visitas. “Nosso objetivo é entender qual a dinâmica, caracterizar toda a oferta turística e a infraestrutura do município. Verificamos que existe um potencial enorme, principalmente relacionado a questões culturais. Existe a necessidade de criar uma imagem turística para o município, para mostrar às pessoas que aqui não é só um polo de venda de roupas”, explica o consultor do Sebrae, Carlos Cappelini.

De acordo com ele, é necessário conceber qual vai ser a visão e a missão do Turismo de Brusque e a partir disso definir estratégias e ações para promover o desenvolvimento sustentável do setor. “Brusque possui toda uma oferta de questões culturais relacionadas a aspectos naturais, questões religiosas e patrimônio histórico. Também existe um aspecto muito importante para ser trabalhado, que são as esculturas. Outro ponto positivo é o trabalho conjunto realizado com as cidades vizinhas”, revela.

Para o diretor de Turismo, Sidnei Dematé, a avaliação feita pelo Sebrae é fundamental para que se possa fazer um Plano de Turismo sólido e palpável. “O objetivo é que em 10 ou 15 anos tenhamos um turismo louvável no nosso município. A equipe de trabalho hoje foi muito boa, embora o número de participantes tenha ficado abaixo do esperado. Saímos daqui com um pequeno grupo de trabalho formado para os próximos passos. Teremos mais reuniões para debater o turismo”, ressalta.

O ex-ministro e diretor do Instituto de Educação e Tecnologias de Salvador, Waldeck Ornélas, também participou do evento e realizou uma análise do cenário econômico e turístico dos municípios brasileiros. Segundo ele, Brusque está no caminho certo, no que se refere a administração municipal e a elaboração do Plano de Turismo.

“Brusque está muito bem estruturado e avançando de forma bastante significativa no sentido de responder aos desafios, que hoje marcam todos os municípios brasileiros. É preciso ter uma atuação ativa no que se refere ao desenvolvimento econômico municipal e essa não é uma pauta comum nas outras cidades, embora seja o que faz gerar oportunidades de trabalho e renda, maiores receitas municipais e dinamismo”, avalia.

Segundo Ornélas, para municípios como Brusque há a possibilidade de mobilizar recursos por meio de concessões, parcerias público-privadas e financiamentos de longo prazo para investimentos no setor. “O município aqui além do Plano de Turismo trabalha em um Plano de Desenvolvimento Econômico e Gestão Estratégica. Ou seja, está no rumo adequado. Pois é preciso ter planos de ação, investir em projetos executivos e buscar recursos”, completa.

O vice-prefeito Ari Vequi também participou do evento. Ele agradeceu o engajamento de todos e destacou o trabalho realizado pela Secretaria de Turismo, alinhado aos objetivos do governo. “Como foi demonstrado no evento de hoje, nossa cidade tem muito potencial turístico. Precisamos trabalhar cada dia mais para fortalecer esse importante setor. Temos certeza que o Plano que será entregue em abril é um grande passo para o alcance desse objetivo”, frisa.

Também marcou presença no evento, o secretário de Governo e Gestão Estratégica, William Molina.

Veja Também

Rompimento de tubulação causa falta d´água em vários bairros

A Prefeitura de Brusque, por meio do SAMAE, comunica que haverá falta de água nesta ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.