Home / Saúde / Polícia teve que ir atrás de dois infectados que não estavam em casa, diz secretário

Polícia teve que ir atrás de dois infectados que não estavam em casa, diz secretário

A Polícia Militar precisou ser chamada para ordenar que duas pessoas infectadas com o Covid-19 voltassem para casa, nesta terça-feira (21). A informação foi confirmada pelo secretário municipal de saúde, Humberto Fornari, em mensagem divulgada na sua rede social.

Segundo Fornari, uma denúncia sobre a situação foi feita para a secretaria da saúde. Como isso fere o decreto municipal que obriga o isolamento para quem for diagnosticado com o coronavírus, a Polícia Militar foi acionada, encontrou as duas pessoas e os mandou de volta para casa. Ambos responderão a um Termo Circunstanciado pelo descumprimento da determinação da Prefetura.

“Isso muito nos deixou felizes do ponto de vista da informação, porém muito entristecidos e aborrecidos por essas pessoas não entenderem o que é o Covid-19 e o que é o isolamento completo”, disse o secretário, que ainda confirmou que vai solicitar a contratação de 30 pessoas para fazer a vigilância dos diagnosticados com o Covid-19, para que não saiam de casa durante a quarentena.

A cidade teve sete novos casos confirmados nesta terça, e agora tem 43 casos registrados. Nenhum desses novos casos, segundo o secretário, preciso de internação hospitalar. Nesta quarta, ele participará de uma entrevista coletiva a imprensa, que terá transmissão da TV Brusque, a partir das 16 horas.

Veja Também

Seis novos casos confirmados e mais três recueperados do Covid-19 em Brusque

O município de Brusque contabiliza 121 casos de Covid-19, de acordo com a Secretaria de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.