Domingo, 25 de Outubro de 2020
(47) 98909-6266
Geral Quirino Ribeiro

Dia Nacional do Trânsito

O país perdeu 479.857 vidas no trânsito entre 2007 e 2018. O custo desses acidentes chegou a R$ 1,584 trilhão, segundo o estudo de Impactos Socioeconômicos dos acidentes de transporte no Brasil

24/09/2020 10h41
Por: Redação
Dia Nacional do Trânsito

DIA NACIONAL DO TRÂNSITO
Amanhã, comemoramos o dia Nacional do Trânsito no Brasil com o tema definido oficialmente pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) para a Campanha Educativa de Trânsito de 2020 é "Perceba o risco, proteja a vida", o qual busca chamar a atenção sobre os perigos no trânsito, bem como outros riscos à saúde do cidadão.

 

O BRASIL
Gasta 132 bilhões por ano com acidentes de transporte. O Relatório apresenta uma radiografia do problema no Brasil e traz propostas de soluções em nível nacional, estadual e municipal. O país perdeu 479.857 vidas no trânsito entre 2007 e 2018. O custo desses acidentes chegou a R$ 1,584 trilhão, segundo o estudo de Impactos Socioeconômicos dos acidentes de transporte no Brasil, divulgado nesta terça-feira (22) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

 

A ANÁLISE
Feita em parceria com a Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (Cepal), utiliza dados de mortalidade do Datasus, do Ministério da Saúde - que inclui internações e reembolso de gastos - e aplica o Valor Estatístico da Vida (VEV), estimado em R$ 2,26 milhões a valores de dezembro de 2018.

 

A PESQUISA CONTABILIZA
Pedestres, motociclistas, acidentados em automóveis, ciclistas, e ainda meios de transporte aquaviários, ferroviários e aéreos. A avaliação considera uma série de fatores, como quantidade de indenizações pagas por morte e por categoria de veículos. A maior parte das vítimas, jovens de 18 a 34 anos, mas também foram constatados dados bastante elevados de acidentes com idosos, principalmente devido à reduzida capacidade em atravessar a rua com segurança, por exemplo.

 

O NÚMERO DE MORTES DE CRIANÇAS
Caiu com a obrigatoriedade do uso de cadeirinhas infantis, a partir de 2008. Por outro lado, os acidentes fatais associados às motocicletas ultrapassaram os óbitos dos automóveis a partir de 2009, quando as vendas de motos subiram consideravelmente - menores preços, isenções tributárias, gastos em combustíveis e manutenção fizeram da motocicleta uma opção de transporte de baixo custo para famílias de baixa renda.

 

O ESTUDO ANALISA
Custos sociais e financeiros dos acidentes e apresenta propostas de políticas de transporte em nível federal, estadual e municipal. Os pesquisadores sugerem, por exemplo, privilegiar os vulneráveis (pedestres, ciclistas e motociclistas) no traçado de vias, em vez de veículos. Outra proposição é rever a regulamentação de equipamentos de segurança individual dos diversos meios de transporte.

 

ENTRE OS PROBLEMAS IDENTIFICADOS
Está também a profusão de regras federais, estaduais e municipais. A exceção são os setores aéreo e aquaviário, que seguem regulamentações internacionais. Os pesquisadores recomendam a adoção de um modelo único de registro das ocorrências e posterior investigação dos peritos, para evitar novos acidentes. De acordo com o estudo, novas diretrizes para as políticas de transporte também impactariam os sistemas de saúde e previdenciário brasileiros.

 

SESCOOP/SC – 21 ANOS
O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Santa Catarina (SESCOOP/SC) completou dia 17, 21 anos de fundação e tem a missão de promover o desenvolvimento do cooperativismo em Santa Catarina. Para isso, atua em três eixos: Formação Profissional, Monitoramento e Promoção Social. 

 

O PRESIDENTE LUIZ VICENTE SUZIN
Enfatizou a importância do trabalho da entidade para a profissionalização, tanto de empregados, quanto de dirigentes de cooperativas. “Ao longo desses 21 anos, o SESCOOP/SC, por meio de programas de monitoramento, promoção social e formação profissional, leva conhecimento propiciando alto nível de qualidade nos produtos e serviços ofertados pelas cooperativas, bem como capacita os gestores para estarem alinhados para competir no mercado”.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Quirino Ribeiro
Sobre Quirino Ribeiro
Comentários e informações sobre política e economia de Santa Catarina
Brusque - SC
Atualizado às 16h20 - Fonte: Climatempo
27°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 27°

30° Sensação
16.1 km/h Vento
80.8% Umidade do ar
80% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias