Home / Geral / Mais de 400 jovens participam da cerimônia de juramento à bandeira

Mais de 400 jovens participam da cerimônia de juramento à bandeira

Mais de 400 jovens estiveram na manhã desta sexta-feira (01) no Tiro de Guerra de Brusque, TG 05-005, para receberem o certificado de dispensa de incrporação (CDI). A solenidade de entrega contou com a presença do prefeito de Brusque, Jonas Oscar Paegle, e do vice-prefeito Ari Vequi, além das autoridades executivos municipais de Guabiruba e Botuverá.

Para Paegle: “O momento de alegria nesta manhã de sexta-feira, dia 1º de novembro, em que estamos reunidos no Tiro de Guerra com a juventude da nossa região. O certificado de dispensa vai ser importante para a vida deles. Esperamos sucesso a todos.”

Já o vice-prefeito destacou: “O momento de alegria nesta manhã de sexta-feira, dia 1º de novembro, em que estamos reunidos no Tiro de Guerra com a juventude da nossa região. O certificado de dispensa vai ser importante para a vida deles. Esperamos sucesso a todos.”

O certificiado foi entregue aos jovens que não puderam ser incorpados pelo TG, já que a capacidade de atendimento é de 80 atiradores e toda a região: Brusque, Guabiruba e Botuverá, para este ano de 2019, contou com a inscrição de cerca de 800 jovens. Dentre as ações para a entregua do CDI foi realizado o juramento à bandeira.

O CDI
O Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) é um documento que comprova que um determinado cidadão brasileiro se alistou em alguma força armada, porém, foi dispensado de incorporação, o documento é exigido para que o jovem possa fazer o passaporte, assumir cargo público entre outras funções.

Veja Também

AMA Brusque elege nova diretoria

Foi realizada na noite de terça-feira, 12 de novembro, a Assembleia Extraordinária, que elegeu a ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.