Home / Geral / ACIBr reinvindica contratação de médico para o IML

ACIBr reinvindica contratação de médico para o IML

Já foi amplamente divulgado pela imprensa de Brusque e região casos que registram a demora no atendimento do Instituto Médico Legal (IML) de Brusque. Desde a aposentadoria do médico legista dr. Antônio Carlos Bastos Dias, a atuação da entidade no município ficou restrita ao trabalho de apenas um médico legista, o dr. Rafael Saad Junior. E, como é impossível para apenas uma pessoa prestar atendimento à comunidade 24 horas por dia, sete dias por semana, na ausência do dr. Rafael, o atendimento de Brusque, Guabiruba, Botuverá e Nova Trento é direcionado para Balneário Camboriú.

Foi com o intuito de entender mais esta questão e buscar alternativas para resolver o problema, que a diretoria da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr) recebeu na noite desta segunda-feira, 31 de julho, o Diretor Geral do IGP/SC, dr. Miguel Acir Colzani, o diretor do IML no Estado, dr. Rodinei Cassio Bricki Tenorio, o responsável pelo 17º Núcleo Regional de Perícias, dr. Álvaro Augusto Mesquita Hamel e o auxiliar de Medicina Legal, Rogério Tridapalli Jr.

“Solicitamos o esclarecimento sobre o funcionamento do IGP e suas dificuldades, principalmente pela aposentadoria do dr. Bastos. Hoje, em Brusque, temos apenas um médico legista e, nos momentos que ele não está trabalhando, as perícias são encaminhadas para o IML de Balneário Camboriú. Queremos esclarecer esta situação para que os nossos associados e a comunidade tenham esse conhecimento”, afirma o presidente da ACIBr, Halisson Habitzreuter.

Segundo ele, os problemas de infraestrutura também foram debatidos durante o encontro. “São questões básicas de iluminação, infiltração, manutenção do prédio. Queremos colaborar através de campanha, bem como solicitar o apoio das prefeituras para esta manutenção. Também vamos verificar a possibilidade que poder público municipal tem de ceder um médico e alguns colaboradores para auxiliar nas atribuições administrativas. Esse é pelo menos um alento até chegar novos profissionais qualificados”, acrescenta o presidente da ACIBr.

Habitzreuter ressalta o compromisso da ACIBr com as questões que envolvem a segurança pública e que contribuem, decisivamente, para o desenvolvimento econômico da região. “Somos parceiros da Polícia Civil, da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e, agora, do IGP. Queremos melhorar o serviço prestado aos nossos associados e para a comunidade como um todo, de Brusque e região”, enfatiza.

 

Concurso público está em andamento

O Diretor Geral do IGP/SC, dr. Miguel Colzani, iniciou sua explanação informando que o Governo Estadual já iniciou a organização de um concurso público para preencher vagas disponíveis por profissionais aposentados em Santa Catarina. A expectativa é que no início do próximo ano a cidade já receba um segundo médico legista.

Mas Colzani também fez um alerta sobre o tempo de atendimento. “Existe uma legislação federal que determina para casos de morte violenta, que o exame pericial cadavérico só pode ser iniciado depois de seis horas da morte. É necessário este período de avaliação de eventos que acontecem após a morte, que permitem uma análise mais criteriosa das lesões e daquilo que, efetivamente, foi o que provocou a morte”, explica.

Casos de morte de acidente de trânsito, no entanto, não passam por esse processo.

Para o diretor do IML no Estado, dr. Rodinei Cassio Bricki Tenorio, um perito médico e dois auxiliares de medicina legal somam um número insuficiente de profissionais para a realidade de Brusque. “Apesar do dr. Rafael efetuar um trabalho de excelência, por todas as qualidades técnicas e humanas, ele tem um limite de horas contratadas pelo Estado. Ele precisa de férias e descanso como todo trabalhador. E quando acontece esse afastamento, há a necessidade do deslocamento até Balneário Camboriú e isso causa, evidentemente, um atraso na liberação do corpo para uma família que já se encontra em um momento difícil. Nós entendemos a situação e isso será resolvido com a chegada de um novo médico legisla para suprir essa vaga deixada por um profissional aposentado”, confirma dr. Tenório.

Segundo ele, apesar do IML estar muito relacionado com a questão da morte, mais de 90% do atendimento que acontece no local é direcionado para pessoas vivas, vítimas de acidentes, violência e os próprios exames periciais. Esta prestação de serviços também será mais efetiva com a chegada de um novo médico.

 

Reivindicações

Na oportunidade, o presidente da ACIBr fez a entrega de um oficio com reivindicações ao IGP/SC. No documento são solicitados dois Peritos Médicos Legistas, um Auxiliar de Medicina Legal e um Perito Criminal para compensar a deficiência de servidores.

O ofício também aponta deficiência na infraestrutura da Sala de Necropsias do IML, que precisa de reparos no telhado, colocação de forro, rebaixo e substituição da iluminação, troca do revestimento cerâmico das paredes e reparos em fissuras na calha de escoamento de água da mesa de necropsias.

Já o prédio do Núcleo Regional de Perícias de Brusque, que também inclui consultório e sala de espera do IML, necessita de uma revitalização que inclua a pintura interna, troca de luminárias, mobiliário e manutenção dos aparelhos de ar condicionado. A parte externa precisa da troca de holofotes no pátio, colocação de lixeiras seletoras, além da instalação de bancos para que os usuários aguardem a liberação dos procedimentos efetuados pelo órgão.

 

Saiba mais

O IGP/SC tem 30 unidades, oito Gerências Mesorregionais e 22 Núcleos Regionais de Perícia. Ao todo são 603 servidores efetivos e mais 65 em formação. É formado pelo Instituto de Identificação, Instituto Médico Legal, Instituto de Criminalística e Instituto de Análise Forense.

Ao todo, emite cerca de 2300 Carteiras de Identidade por dia, impressas em gráfica própria, em Florianópolis. Durante o ano são atendidas aproximadamente 600 mil catarinenses, apenas na elaboração do RG.

Horário Atendimento em Brusque:

IML – Instituto Médico Legal – das 8h às 12h

IGP – Instituto Geral de Perícias – das 8h às 12h e das 13h às 17h

Veja Também

Caixa anuncia financiamento habitacional corrigido pela inflação

O governo federal anunciou hoje (20), em evento no Palácio do Planalto, o lançamento de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.