Home / Policia / PRF de SC flagra mais de 100 motoristas embriagados em 3 dias

PRF de SC flagra mais de 100 motoristas embriagados em 3 dias

Nos três primeiros dias da Operação Dia do Trabalhador 2018, policiais rodoviários federais já flagraram 106 motoristas dirigindo sob efeito de álcool nas rodovias federais de Santa Catarina. Seis pessoas foram detidas por conduzirem veículo embriagadas.

Durante o feriadão, a Polícia Rodoviária Federal reforçou a presença de agentes nas rodovias catarinenses e tem atuado com intensidade no combate à embriaguez ao volante. De sexta a domingo, 1.478 condutores fizeram o teste de alcoolemia nas vinte e seis unidades da PRF em Santa Catarina.

O maior número de flagrantes ocorreu na primeira noite de operação, quando agentes de todo o estado se reuniram na BR 101 para fiscalização de combate à embriaguez. Na ocasião, em apenas quatro horas de atuação entre os municípios de Barrra Velha e Piçarras, foram multados 49 condutores por dirigirem alcoolizados. Esse total repete o número de autuações pelo mesmo motivo apenas oito dias antes em Blumenau.

Os motoristas autuados por embriaguez tiveram suas carteiras de motorista recolhidas. Eles pagarão multa no valor de R$ 2.934,70 e terão o direito de dirigir suspenso por doze meses. O valor dobra se o caso for de reincidência nos últimos doze meses.

No ano de 2018, nas rodovias federais de Santa Catarina, a PRF já autuou 1.300 condutores por embriaguez ao volante e deteve 140 por excederem os limites da autuação administrativa (multa e suspensão de CNH). Foram realizados 33 mil testes de bafômetro e 230 operações de combate à embriaguez.

Veja Também

Carro é encontrado incendiado em Limeira Alta

No fim da tarde desta sexta (28), os Bombeiros atenderam a uma ocorrência de incêndio ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.