Home / Saúde / Prefeitura e Ministério da Saúde entram em acordo para abertura da UPA de Santa Terezinha

Prefeitura e Ministério da Saúde entram em acordo para abertura da UPA de Santa Terezinha

Durante esta terça-feira (23), o vice-prefeito de Brusque, José Ari Vequi, participou de importantes reuniões e audiências no Ministério da Saúde, em Brasília, local onde cumpre agenda oficial juntamente com o secretário municipal de Governo e Gestão Estratégica, William Molina; e com a diretora do Departamento Geral de Infraestrutura (DGI), Andréa Volkmann.

Conforme Vequi, os temas tratados na capital federal dizem respeito a continuidade das obras das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos bairros Zantão, Ema II e Limeira, e, sobretudo, do destino que terá a construção da até então Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Terezinha.

“Já era uma situação que infelizmente estava pendente desde o início do nosso mandato”, explica Vequi. “Conseguimos obter, agora, a readequação da UPA para um Pronto Atendimento (PA). Ela passa, então, a ser uma unidade de pronto atendimento, com o restante do espaço remodelado para atender especialidades. Com isso, teremos mais um prazo para finalizar essa estrutura”.

O PA Santa Terezinha, após remodelado, atenderá moradores de regiões como Santa Terezinha, Santa Rita, Bateas, Steffen, Limeira, Nova Brasília, Volta Grande, Bateas entre outros. “Garantimos a permanência dos recursos e, também, evitamos a situação de uma devolução dos recursos aplicados em outras gestões. Além disso, conseguimos readequá-la para um melhor uso de toda a população”, finaliza o vice-prefeito.

Veja Também

Prefeitura lança programa de visitas a pacientes acamados em casa

A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Saúde, lançou oficialmente, durante a tarde ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.