Home / Geral / Mutirão de Audiências do Procon na Unifebe

Mutirão de Audiências do Procon na Unifebe

O Procon de Brusque iniciou nesta terça-feira o 1º Mutirão para Audiências Conciliatórias. O evento está sendo realizado na Unifebe e vai até essa quarta. O objetivo é solucionar conflitos da competência do Direito do Consumidor. As mediações serão realizadas no Bloco A da Unifebe pelos acadêmicos de Direito do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Instituição, com o apoio do Juizado Especial Cível e Criminal de Brusque, das 9h às 11h e das 13h30 às 17h.

Atualmente, as principais reclamações que chegam ao Procon estão relacionadas às telecomunicações: internet, telefonia e TV, mas o órgão tem encontrado um número satisfatório de resoluções, que gira em torno de 80%. A abertura oficial foi realizada no auditório do Bloco C da Unifebe e contou com a presença de diversas autoridades do meio jurídico, entre elas a juíza de direito Camila Coelho que valorizou a iniciativa. “É um momento muito importante proposto pela Unifebe e pelo Procon de Brusque. É muito importante fazer com que os conflitos sejam resolvidos sem a necessidade de brigas jurídicas”, destaca.

Para o diretor do Procon, Fábio Caetano Pereira, o principal objetivo é solucionar os conflitos de forma harmônica e de uma maneira ágil. “A satisfação do consumidor passa também pelo fator tempo”, observa. A coordenadora do NPJ da Unifebe, Adriana Bina da Silveira, destaca que durante os dois dias serão 80 audiências conciliatórias que vão auxiliar as pessoas a resolverem conflitos de forma mais rápida.

Ela ainda ressalta a oportunidade de oferecer experiência prática aos acadêmicos de direito com a iniciativa. “São pelo menos 150 alunos da Unifebe envolvidos diretamente. É importante eles vivenciarem este ambiente para que eles consigam, sempre que possível, solucionar os conflitos de forma pacífica”.

Veja Também

Reunião define detalhes para desfile de abertura da Fenarreco

Na noite desta quarta-feira (20) foi realizada a reunião de organização com os representantes dos ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.