Home / Geral / Morre Nilson Pereira

Morre Nilson Pereira

Faleceu na madrugada desta terça (19), aos 63 anos de idade, o empresário Nilson Pereira, suplente de vereador e ex-secretário de Trânsito e Mobilidade de Brusque . Ele lutava contra um câncer e estava internado na cidade de Blumenau.

Pereira recebeu  677 votos nas eleições de 2016, sendo o 24º candidato mais votado. No governo Jonas Paegle, foi secretário municipal de Trânsito e Mobilidade até o final de maio, quando deixou a pasta para tratamento de saúde. Pereira era despachante e proprietário de uma das mais antigas auto-escolas da cidade.

Em 2017, por duas oportunidades ele assumiu o cargo de vereador, em substituição a Gerson o Luís Morelli, o Keka (PSB), licenciado em abril, e devido à licença de Ademilson Gamba, o Nino (PSB), primeiro suplente do partido, em novembro.  Natural de Brusque, Nilson Pereira nasceu em 15 de julho de 1954. Empresário, atualmente era filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), pelo qual disputou uma vaga na Câmara de Vereadores nas eleições municipais de 2016. Ele também alcançou a suplência no pleito eleitoral de 2012, pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), da coligação PTB/PSB/PTdoB, assumindo como vereador ao longo da Legislatura 2013-2016, em substituição ao titular Moacir Giraldi (PTdoB), em 2015.

Pelo mesmo partido, participou também da Legislatura 2009-2012. Suplente da coligação DEM/PTB/PV, assumiu como vereador em 2012, no lugar do titular Celso Carlos Emydio da Silva (DEM).

O corpo está sendo velado na capela mortuária do bairro Santa Terezinha. O sepultamento acontece nesta quarta-feira, 20, no cemitério Santa Terezinha, às 9h.

Veja Também

Prefeitura repassa R$ 130 mil a entidades que preservam Patrimônio Histórico da cidade

A Prefeitura de Brusque, por meio da Fundação Cultural, formalizou repasse de recursos a entidades ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.