Home / Geral / Metalúrgicos de Brusque vão a Brasília contra as reformas trabalhista e da previdência

Metalúrgicos de Brusque vão a Brasília contra as reformas trabalhista e da previdência

Diretores do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Brusque (Sintimmmeb) embarcaram nesta segunda-feira, 22 de maio, rumo à Brasília, capital federal, para integrar uma grande mobilização do movimento sindical contra as reformas trabalhista e da previdência – a marcha da classe trabalhadora.

Centrais Sindicais de todas as frentes, sindicatos e movimentos sociais e estudantis de todas as regiões do Brasil participarão no ato, que ocorrerá no dia 24 de maio, na Esplanada dos Ministérios, em frente ao Congresso Nacional e do Palácio do Planalto, gabinete do predidente da república.

O objetivo é pressionar os deputados e senadores contra a aprovação das alterações na legislação trabalhista, que dificultará e sucateará as relações de trabalho, ao desproteger os trabalhadores, elevando a jornada regular de trabalho, arrochando salários e enfraquecendo as garantias do emprego. Além da reforma da Previdência, pretendida pelo Governo, que impedirá que milhões de brasileiros acessem o benefício ao elevar, em muito, a idade mínima à aposentadoria e diminuindo, ainda mais, o já insuficiente valor do benefício.

“Não é de hoje que denunciamos as distorções de dados que o Governo tem feito para convencer a população de que as reformas são necessárias. Mas não podemos nos deixar enganar. A Previdência não é deficitária, ao contrário. E a reforma trabalhista não vai gerar mais empregos. Todas essas alterações, retirada de direitos, busca beneficiar única e exclusivamente interesses privados, de grandes corporações empresariais, à custa do suor e do trabalho dos brasileiros. E não permitiremos esses absurdos”, comentou o vice-presidente do Sintimmmeb, Eduardo de Souza.

Denúncias de corrupção reforçam luta

As recentes denúncias apresentadas pelo Ministério Público, por meio de delações de empresários do ramo alimentício, e das recentes operações divulgadas pela mídia da Polícia Federal contra políticos de grande escalão, entre eles o presidente Michel Temer, reforçam a luta e a marcha da classe trabalhadora em Brasília. Além da manutenção dos direitos trabalhistas, já garantidos pela CLT (Consolidação das Lei do Trabalho) e a defesa das aposentadorias, o movimento sindical reivindicará a convocação de eleições diretas.

“É inadmissível a classe política que temos hoje no poder estar afundada em tanta corrupção, esquemas fraudulentos, propinas e por aí vai. Coincidentemente, nesta semana, os metalúrgicos de Brusque completam 50 anos. Porém, sem muito que comemorar diante das ameaças aos direitos básicos dos trabalhadores. Mas sabemos que a nossa história sempre foi e sempre será de luta. Por isso, uniremos força em Brasília para reivindicar um país mais justo, mais honesto, que proteja e não lese os brasileiros, como temos visto. Já lutamos pelas diretas na década de 80 e chegou a hora irmos pra rua novamente e exigimos: Diretas já”, disse o presidente do Sintimmmeb, José Isaías Vechi.

Veja Também

Inscrições abertas para a Descida do Itajaí-mirim

Nesta segunda-feira (19) inicia o período de inscrições para a sexta edição da Descida do ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.