Home / Geral / MEC credencia Unifebe para ofertar educação à distância

MEC credencia Unifebe para ofertar educação à distância

A UNIFEBE recebeu do Ministério da Educação – MEC o credenciamento para a oferta de cursos superiores na modalidade a distância. A portaria foi assinada pelo Ministro da Educação Medonça Filho na segunda-feira, 26 de junho, e tem a validade de cinco anos.

— No âmbito federal, a Portaria do Ministro da Educação é o ato final que encerra o processo de credenciamento de uma Instituição para oferta de cursos a distância. Como a UNIFEBE pertence ao Sistema Estadual de Ensino de Santa Catarina, deve ainda comunicar ao Conselho Estadual de Educação/SC o credenciamento em EaD, solicitando autorização para ofertar os cursos. Em breve anunciaremos nosso primeiro curso EaD — afirma o Assessor de Desenvolvimento da Instituição Robson Zunino.

Segundo o reitor Günther Lother Pertschy, a notícia foi recebida com alegria pela equipe, pois representa mais uma etapa vencida na questão burocrática para o credenciamento, e posteriormente a oferta de cursos a distância.

— Ficamos muito contentes pois a partir de agora estamos credenciados para concretizar esse processo do EAD. Com isso, a UNIFEBE dá um grande passo sobre a forma de fazer e disponibilizar conhecimento a todos os seus acadêmicos e futuros acadêmicos. É uma grande vitória que comemoramos. Trata-se de uma excelente notícia e um grande presente para a comunidade — afirma o reitor.

A UNIFEBE obteve reconhecimento do MEC com conceito 4, em uma escala de 1 a 5.

— Isto demonstra claramente a qualidade do projeto a ser ofertado pela UNIFEBE, que se destaca entre as demais Instituições por sua estrutura e excelência em ensino — pontua.

Veja Também

Padre Marcial Maçaneiro comemora 25 anos de ordenação em Brusque

Natural de Brusque, o Pe. Marcial Maçaneiro SCJ já está na cidade para celebrar os ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.