Home / Policia / Jovem é torturada, e morre incendiada no Nova Brasília
Foto: Facebook pessoal

Jovem é torturada, e morre incendiada no Nova Brasília

A Divisão de Investigações Criminais (DIC) da Polícia Civil de Brusque deu detalhes, em coletiva na noite desta quinta-feira (1) sobre a morte de Roberta Keller, de 19 anos de idade, moradora de Guabiruba. Ela foi assassinada em uma vala localizada no bairro Nova Brasilia, com marcas de tortura e incendiada viva.

Segundo o Delegado Alex Bonfim Reis, as drogas estão relacionadas ao motivo do assassinato, uma vez que não morava mais com a família e não tinha uma residência. Em seu perfil em uma rede social existem fotos do que supostamente seriam entorpecentes.

O corpo foi encontrado despedaçado ontem (31) pelos policiais. Não foi possível fazer o velório do corpo. A mãe da vítima contou que ela era usuária de drogas e saiu de casa há cerca de três meses, sem uma residência fixa.

Cinco pessoas são acusadas de estarem envolvidas no crime. Destas, quatro estão presas: Pâmela Carvalho, Júlio César Porosky, conhecido como Galego, Cláudio Batista dos Santos, e ainda um taxista cujo nome não foi revelado pela Polícia. Um está foragido: Robson Geovani Mendes dos Santos (foto).

A pedido da Polícia, a imprensa não divulgou o desaparecimento de Roberta  a fim de não prejudicar as investigações.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do acusado foragido, pode entrar em contato com o Disque-denúncia da Polícia Civil através do número 181.

 

 

Veja Também

Motociclista morre ao ser atingido por carro com motorista embriagado

O final de semana terminou com mais uma vítima fatal no trânsito de Brusque. Na ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.