Home / Saúde / Hospital Azambuja poderá receber investimentos de R$ 7 milhões até o final de 2019

Hospital Azambuja poderá receber investimentos de R$ 7 milhões até o final de 2019

O sucesso da campanha para ajudar o Hospital Azambuja a ter um centro de hemodinâmica foi tão grande que o projeto foi ampliado. Os R$ 3 milhões necessários para essa obra foram obtidos em apenas 24 horas de campanha e agora continuam as arrecadações para atingir mais R$ 4 milhões, que serão utilizados na ampliação da UTI adulta, tendo uma ala coronariana, com cerca de mais 10 leitos, hoje tem 10 para uso geral, e a instalação de uma UTI neonatal com 10 leitos, construção de uma nova recepção e a melhoria do pronto-socorro melhorias nos quartos. A ação está sendo desenvolvida pelos empresários de Brusque que desejam um atendimento de qualidade na saúde dos brusquenses e comunidades de Guabiruba, Botuverá, Nova Trento e São João Batista.

O diretor técnico e responsável pela UTI do Hospital Azambuja, Eugênio José Paiva Maciel diz que, atualmente, a UTI está sempre com 100% da sua capacidade lotada e que é muito difícil conseguir vagas para bebês nos hospitais vizinhos. “A UTI neonatal é de suma importância para a sobrevivência de algumas crianças e, às vezes, passamos dificuldades para encontrar vagas nos poucos hospitais que têm essa ala. Ter uma em Brusque será muito bom para toda a microrregião”, enfatiza. 

Na semana passada, já havia sido anunciado o projeto do Centro de Hemodinâmica que, atualmente, não é disponibilizado pelo SUS na cidade. Quem precisa de atendimento recebe os primeiros socorros no hospital e, dependendo do caso, é transferido com urgência para outros hospitais da região. 

Centro de Hemodinâmica

Maciel explica que no Centro de Hemodinâmica se realizam os procedimentos de cateterismo e também exames mais complexos para identificar lesões arteriais cerebrais. “Teremos condições de atender com mais precisão os pacientes com problemas cardíacos vasculares, lesões vasculares, AVC cerebral, infarto, arritmias, entre outros problemas sérios que podem acometer um paciente de uma hora para a outra”, explica. O médico diz que, com a instalação do centro de hemodinâmica, também será possível a realização de cirurgias para a colocação de marca passo. “O número de cirurgias irá aumentar e, por isso, também se faz necessário a ampliação da UTI. Atualmente, já realizamos cerca de 650 cirurgias por mês”, explica.

No entanto, o diretor alerta que paralelamente a ação de arrecadação de recursos para as ampliações, o Hospital também já está trabalhando pelo credenciamento junto ao SUS tanto para o centro de hemodinâmica, quando para a UTI neonatal. “Independente de quando ficarem prontas as obras, se não tivermos o credenciamento não temos como atender os pacientes do SUS. Por isso, a urgência de resolver essa parte burocrática. Queremos começar a atender ainda esse ano”, afirma.

O Centro de Hemodinâmica atenderá pacientes do SUS e também particulares e convênios dos municípios de Brusque, Guabiruba, Botuverá, São João Batista e Nova Trento. O médico explica que os recursos arrecadados pelos atendimentos particulares e convênios ficarão no hospital para serem usados em melhorias da instituição. “A ideia é tornar o Hospital Azambuja referência no atendimento cardíaco na microrregião de Brusque”, enfatiza.

Todos os empresários que auxiliarem na concretização do projeto terão seus nomes eternizados no Hall do Hospital Azambuja. “Porém, isso não é o mais importante. O importante é estarmos colaborando para que a comunidade tenha acesso a atendimento de excelência na sua cidade. Não podemos esperar tudo do Governo, precisamos fazer a nossa parte. Estamos colaborando para salvar vidas”, afirmam os empresários participantes do projeto.

De acordo com o diretor técnico, por semana há, pelo menos, três casos de pacientes com AVC ou infarto na UTI, que poderão ser melhor atendidos com os novos procedimentos. “Hoje, muitas vezes, por exemplo, eles estão aqui aguardando uma vaga em um hospital da região para realizar o procedimento”, explica Maciel.

Podem participar com doações empresários de qualquer cidade. Já há confirmações de adesão de Brusque, Guabiruba, Botuverá, Nova Trento e São João Batista. As contribuições podem ser feitas em duas categorias: ouro ou prata. A ouro será para contribuições de R$ 100 mil e a prata de R$ 50 mil, que podem ser divididas em até dez parcelas. Quem quiser contribuir, pode entrar em contato com Roberta no telefone (47) 3396-2201.

Confira as empresas que já aderiram ao projeto*:

  • FIP
  • Irmãos Fischer
  • Sancris
  • Tinturaria Florisa
  • MC JU
  • Guabi Fios
  • Supermercado Carol
  • Supermercado Archer
  • Havan
  • Molas Brusque
  • Aradefe malhas
  • Warusky
  • Terraplanagem Augusto
  • HJ Tinturaria
  • NCA Têxtil
  • Biliton Confecções
  • JCM Confecções
  • Industrial Appel
  • SBA Confecções
  • Marazul Malhas
  • RC Conti
  • Toalhas Atlântica
  • Vetor
  • Casas da Água
  • Embrast
  • Laerte Kohler
  • Tinturaria Staack
  • RVB Malhas
  • Empresa Bokker
  • Aristides Mafra e família
  • Tecebem
  • Uvel
  • Stop Shop
  • Lemus Calçados
  • Recicle
  • João Martins
  • Angeloni Supermercados
  • Núcleo de Toalhas da Acib Brusque
  • Fort Atacadista
  • Tinturaria Pedrin
  • Santa Luzia Empresa de Ônibus
  • Administradora Luar
  • Gilberto Renaux
  • Metalúrgica Siemsen
  • Unimed
  • Staack Emprendimentos
  • Marcelo Renaux
  • Vinagre Heinig
  • Profomento
  • ZM

Veja Também

Conferência Municipal de Saúde reúne 200 pessoas em Brusque

Mais de 200 participantes e debates em alto nível marcaram a 6ª Conferência Municipal de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.