Home / Economia / Governo do Estado e Fiesc elaboram nova política industrial de Santa Catarina

Governo do Estado e Fiesc elaboram nova política industrial de Santa Catarina

Nesta sexta-feira, 15, foi realizada a primeira reunião entre Governo do Estado e a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) para elaboração de um novo modelo para a política industrial catarinense. O objetivo é reduzir custos de produção e melhorar a competitividade da economia local. “Teremos encontros com os setores da cadeia produtiva para discutir uma política que atenda os interesses coletivos. Estamos criando um projeto para valorizar o produtor, melhorando a renda das famílias que vivem nas áreas rurais”, disse o secretário de Estado da Fazenda (SEF/SC), Paulo Eli.

Na próxima semana, o secretário de Estado da Agricultura e Pesca (SAR), Ricardo de Gouvêa, receberá diversos representantes do agronegócio para debater a nova política. Paralelamente, a Fiesc organizará uma agenda com o setor industrial. O primeiro segmento a ser atendido será o têxtil, na próxima quarta-feira, 20.

O professor Luiz Felipe Ferreira, que assumirá como controlador-geral do Estado após a reforma administrativa, salientou que o foco do Governo do Estado será a simplificação. “Temos que achar um ponto de equilíbrio e queremos ouvir a proposta da indústria e demais segmentos”, afirmou.

O diretor institucional da Fiesc, Carlos José Kurtz, destacou a importância de promover a sinergia entre os setores público e privado: “Quando o Governo promove o diálogo, amplia a capacidade de acertar”.

Participaram também da reunião o presidente da Câmara Tributária da Fiesc, Evair Oenning, e Naiara Augusto, que assumirá como secretária de Integridade e Governança de Santa Catarina.

Veja Também

Secretário da Fazenda esclarece revisão de ICMS e alerta para situação crítica das contas do Estado

O secretário de Estado da Fazenda (SEF/SC), Paulo Eli, esteve nesta terça-feira, 19, na Assembleia ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.