Home / Entretenimento / Curta-metragem brusquense estreia nesta sexta no cinema
Foto: Divulgação / Coletivo Hiato

Curta-metragem brusquense estreia nesta sexta no cinema

Estreia nesta sexta-feira, 2 de junho, às 18h25, no Cine Gracher Havan, o curta-metragem Carmen. Produzido e rodado em Brusque, o filme permanece em cartaz até a quinta-feira 8, sempre no mesmo horário, e o ingresso será um brinquedo novo. A produção é do Curso de Cinema do Coletivo Hiato, em parceria com a Griô Filmes.

Com 20 minutos de duração, Carmen conta a história de uma mulher (Talita Garcia) que suporta dia após dia o abandono do marido. A fé é a anestesia para a sua dor. Seu filho, Joaquim (Luís Henrique Petermann), torna-se, aos olhos dela, o reflexo obscuro do pai – de quem ambos tentam superar a ausência.

O cineasta Ricardo Weschenfelder, professor da turma de Cinema do Hiato, observa que, em Carmen, “a relação entre mãe e filho é permeada por tensão, frustrações e desejos reprimidos, numa narrativa que trata de forma psicológica e simbólica esse conflito”.     

Criação                

Ao longo de um ano, 14 alunos do Curso de Cinema do Coletivo Hiato estudaram conteúdos como roteiro, história do cinema, linguagem cinematográfica e produção. Carmen é o projeto de conclusão desta turma. Weschenfelder ressalta que o processo “passou por todas as etapas de realização de um filme, desde a criação até a pós-produção”.    

Diretor do curta-metragem, José Luiz Day considera a estreia no cinema “um reflexo da cena crescente do cinema independente em Brusque, além de ser fundamental, para a vida da obra, a visibilidade dentro da cidade onde foi criada”.

Para o roteirista e ator Luís Henrique Petermann, de uma outrora possibilidade quase remota, fazer cinema em Brusque virou realidade: “Floresceu na cidade uma jovem guarda de amantes das artes, dentre as quais o cinema. E exatamente essas pessoas, destemidas, uniram-se em prol de algo maior. Do sonho cinematográfico brusquense. Tenho orgulho de saber que faço parte desse seleto grupo e de ser fonte de inspiração de novos aventureiros de ‘Valewood’” – o termo informal, ele explica, tem sido usado para designar a produção de cinema no Vale do Itajaí.

Intérprete de Carmen, a atriz Talita Garcia destaca a importância de oportunidades assim acontecerem no município: “Os cursos de cinema e teatro, dentre outros que vêm sendo realizados em Brusque, possibilitam se busque esse conhecimento aqui mesmo, com profissionais qualificados. Espero que esse movimento cresça ainda mais. Temos gente e qualidade técnica, de captação de som e imagem, para isso”.

“Carmen faz parte do bom momento da produção em cinema e audiovisual na cidade, com lançamentos e filmes em fase de pré-produção”, complementa Weschenfelder.    

Veja Também

Fenajeep divulga programação e novidades da edição 2019

De 19 a 23 de junho mais uma vez a cidade de Brusque será palco ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.