Home / Geral / Comissão da Câmara fiscaliza unidades de saúde

Comissão da Câmara fiscaliza unidades de saúde

Vereadores membros da Comissão Especial de Saúde visitaram mais seis unidades básicas de saúde (UBS) durante a semana passada. Na segunda-feira, 22, a diligência ocorreu na UBS do bairro Dom Joaquim. Na quarta-feira, 24, os postinhos fiscalizados foram os dos bairros São João, Cedrinho e Tomaz Coelho (uma unidade atende ambos os bairros), e Paquetá. Já na sexta-feira, 26, os parlamentares estiveram nas UBS do Guarani e do Rio Branco.

 

Criada pelo Requerimento 9/2017, aprovado em plenário, a comissão especial é integrada por Celso Carlos Emydio da Silva (DEM, presidente), Ana Helena Boos (PP, vice-presidente), Ademilson Gamba, o Nino (PSB), Paulinho Sestrem (PRP) e Rogério dos Santos (PSD, relator). A tarefa a eles incumbida é investigar e esclarecer situações afins ao Sistema Municipal de Saúde.

 

Para tanto, procuram averiguar questões relativas a recursos humanos, abastecimento de remédios, infraestrutura básica, demanda por médicos especialistas, número de pessoas atendidas em cada unidade, dentre outros fatores.

 

Eles deram início às atividades fiscalizatórias em abril, quando estiveram nos postos de saúde dos bairros Planalto e Limeira. Antes disso, no mesmo mês, reuniram-se com o secretário municipal de Saúde, Humberto Fornari.

 

Na primeira quinzena de maio, estiveram nas UBS dos bairros Santa Terezinha, Santa Rita, Volta Grande, Bateas, Steffen e São Luiz.

 

Os vereadores programam, também, uma visita ao Hospital de Azambuja.

Veja Também

Empresários se unem em prol de centro de hemodinâmica no Hospital Azambuja

Os empresários de Brusque, em conjunto com Luciano Hang, dono do grupo Havan, estão unidos ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.