Home / Política / Câmara Municipal planeja implatação de Ouvidoria Online

Câmara Municipal planeja implatação de Ouvidoria Online

Com a proposta de melhorar a comunicação entre o Poder Legislativo e a sociedade brusquense, a Câmara de Vereadores estuda a implantação de um sistema de ouvidoria online, acessível via internet por meio de computadores e telefones celulares. Para colocar a ideia em prática, presidência e corpo técnico da casa legislativa têm levantado informações sobre programas e aplicativos que possam viabilizá-la.
Na avaliação do presidente da Câmara, Jean Pirola (PP), o mecanismo ideal de funcionamento da ouvidoria online envolveria um breve cadastro por parte do usuário – com o preenchimento somente de nome e endereço de e-mail, seguido do registro da reclamação e a posterior seleção de quais vereadores devem receber a mensagem. Feito isso, o reclamante acompanharia, pelo sistema, o andamento do processo. Outro aspecto desejado é que sejam indicadas as demandas semelhantes apontadas pela população.
“A Câmara tem vários canais de comunicação, mas ao entrar em contato, muitas vezes as pessoas ficam sem retorno. É preciso dar um feedback para quem faz alguma reclamação”, diz Pirola. “Como os vereadores não tem assessores particulares, precisamos de ferramentas que os insiram cada vez mais dentro da comunidade”.
O parlamentar explica que as solicitações encaminhadas pela ouvidoria online poderão se tornar proposições apresentadas à Prefeitura em sessão da Câmara Municipal – através de indicações, requerimentos ou pedidos de informação, por exemplo. Para tanto, a nova ferramenta deverá trabalhar em conjunto com o software de tramitação de projetos já utilizado pela Câmara.
A expectativa do presidente é que a ouvidoria online seja lançada ainda em 2017. “Esta é uma urgência para a Câmara de Vereadores”, ressalta.

Veja Também

Sessão da Câmara teve manifestação dos vendedores ambulantes

Vendedores de alimentos nas ruas de Brusque participaram da sessão da Câmara Municipal desta terça-feira ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.