Home / Geral / Audiência pública debaterá projeto de duplicação da Rodovia Ivo Silveira

Audiência pública debaterá projeto de duplicação da Rodovia Ivo Silveira

A exemplo do que ocorreu com a duplicação da rodovia Antônio Heil (SC 486), aos poucos, Brusque deve começar a ser impactada com os efeitos de outra grande obra. Trata-se da duplicação da rodovia Ivo Silveira (SC 108), estrada que liga Brusque a Gaspar. Com o projeto prévio de engenharia já pronto, na próxima semana, toda a população está convocada para participar de uma consulta pública acerca do esboço.

O encontro, que será coordenado por servidores do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), ocorre segunda-feira (20), a partir das 18h, na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, bairro Barracão, no trecho pertencente ao município vizinho.

“Convidamos toda a classe política, empresarial e moradores para que se façam presentes. Essa é a hora, esse é o momento de discutir o projeto, para não acontecer o que ocorre hoje na comunidade do Limoeiro, com toda essa situação envolvendo a Antônio Heil, que não dá mais de mudar o projeto”, comenta o vice-prefeito de Brusque, José Ari Vequi.

Compreendendo aproximadamente 17 quilômetros de duplicação, a obra na Ivo Silveira deve ter o projeto definitivo concluído até o final deste ano. Com isso, a previsão é de que ela seja licitada em 2019. O investimento na etapa de projetos é de R$ 1,09 milhão.

“A intenção é que todos saiam com a ideia bastante clara de como será executada essa obra. Depois de o projeto ser mandado para o Governo Federal, e depois dele ser aprovado no Senado, não tem mais como modificar”, complementa Ari.

Veja Também

Empresários se unem em prol de centro de hemodinâmica no Hospital Azambuja

Os empresários de Brusque, em conjunto com Luciano Hang, dono do grupo Havan, estão unidos ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.