Home / Geral / Assinada Ordem de Serviço para construção da margem esquerda da Beira-Rio

Assinada Ordem de Serviço para construção da margem esquerda da Beira-Rio

A Prefeitura de Brusque assinou a Ordem de Serviço para a construção da Margem Esquerda da Beira Rio. O evento foi realizado na tarde de quarta-feira (17), no Salão Nobre .

Participaram da solenidade, o prefeito de Brusque Jonas Paegle, o vice-prefeito Ari Vequi, a diretora do Departamento Geral de Infraestrutura (DGI) Andrea Volkmann, que representou todos os engenheiros envolvidos no projeto, o engenheiro civil Rafael Kniss, responsável pela fiscalização da obra, Walter Orthmann representando a população de Brusque, o vice-presidente regional da Fiesc Ingo Fischer representando os empresários, Mário Jorge de Souza Jr., que representou as empresas do Consórcio vencedor: Pacopedra, Freedom e Setorsul, o vereador Cleiton Luiz Bittelbrunn, representando o Poder Legislativo, secretários e comunidade.

Considerada a maior obra individual de mobilidade urbana do município, a via está orçada em mais de R$ 25 milhões e terá quatro quilômetros, entre as pontes Mário Olinger e Santos Dumont. A previsão contratual é de execução em até dois anos.

Segundo o prefeito, com a conclusão da Margem Esquerda da Beira Rio, vários serão os benefícios para moradores e visitantes. “Facilitar a vida dos cidadãos. Este deve ser o objetivo de qualquer administração pública. Por isso, hoje é um dia muito importante para a nossa cidade! Quando finalizada, esta via trará inúmeros benefícios a nossa população e aos visitantes, que vêm a Brusque por meio do turismo, principalmente de compras, negócios ou religioso”, destacou.

O prefeito também enfatizou a fiscalização que será realizada por parte do Poder Público. “Tenham certeza, de que a Prefeitura fará um intenso trabalho de fiscalização. Isso para garantir que cada metro quadrado entregue seja construído com a qualidade que a nossa população merece. E para que o investimento do dinheiro público, seja realizado com o rigor necessário, visto que transparência e honestidade são as marcas da nossa administração”, frisou.

O vice-prefeito Ari Vequi agradeceu o empenho político das lideranças da região, o banco BRDE, os engenheiros da Prefeitura envolvidos no projeto e os vereadores que confiaram na administração municipal e aprovaram o projeto da Margem Esquerda no Legislativo. Também mencionou a importância de entregar a obra no prazo, pois o recurso já foi depositado.

“Hoje me sinto realizado. Estive no canteiro de obras e as máquinas já estão lá e vão começar a roncar daqui a pouco. Que possamos ver o mais rápido possível esse sonho concretizado”, destacou.

Vequi mencionou também a questão das desapropriações necessárias para a realização da via. “Algumas questões precisam ser readequadas. Tentamos, é claro, acordos amigáveis. Se isso acontecer, com certeza entregaremos a via antes antes do prazo”, comentou.

A via
A obra da Margem Esquerda da Beira Rio contempla drenagem, pavimentação, passeio público, ciclofaixas e baias para transporte público e sinalização. Também estão previstos enrocamentos (armaduras nas margens para evitar a erosão), construção de muros e terraplanagens.

A ponte Mário Olinger (próximo ao Corpo de Bombeiros) será prolongada e uma nova ponte será construída sobre o ribeirão São Pedro. “Obras dessa magnitude são importantes não só para a mobilidade, mas para a qualidade de vida dos moradores e visitantes, e para o desenvolvimento econômico do município”, finaliza o prefeito.

O recurso
O recurso de mais de R$ 25 milhões para a realização da obra é do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), com valor captado através do Governo Federal, por meio do programa Avançar Cidades, do Ministério das Cidades, e disponível pelo Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A contrapartida da Prefeitura é de 5%.

Veja Também

Metalúrgicos de Brusque rejeitam contra proposta de reajuste dos empresários

O auditório do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Brusque (Sintimmmeb) recebeu neste domingo, 19 de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.